Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2009

Os Sons do Universo…

Imagem
Bom, eu adoro observar as estrelas e saber mais sobre elas. O céu limpo e, para quem mora no interior do estado (como eu), o céu é mais estrelado ainda. Teve uma vez que por motivo que desconheço a força acabou em uma noite com céu limpo. Acho que foi um dos dias mais inesquecíveis que vivi. Pois bem, quando observamos as ondas do mar quebrando na praia, adoramos o barulhinho da água contra a areia, as gaivotas cantando ao longe e a leve brisa batendo na face. Observar as estrelas deveria ter algum som também né… e deve ser agradável… Bom, nada é tão romântico assim: os radiotelescópios captam sinais do espaço que convertemos em som para podermos estudar melhor. Infelizmente a parte de ser agradável já não pode ser dita. Não digo que é interessante mas… veja o vídeo abaixo e você entenderá. Vi no SuperBlog .

NASA lança Ares I-X com sucesso!

Imagem
Depois de um fazer alguns pequenos concertos e ajustes e esperar que o tempo ficasse bom, a NASA lançou hoje, com sucesso, a nova geração de foguetes espacial. O lançamento do foguete de 100 metros foi apenas para a fase de testes, em um custo de pouco menos de 500 milhões de dólares. Nessa fase de testes, a foguete é divido em duas partes. A parte de baixo é preenchida com combustível e a de cima é oca, que será ocupada, quando a fase de testes acabar, pelo Orbitador Lunar Orion. É uma cápsula de grupo semelhante as que pousaram na Lua durante o projeto Apollo, que levou os seres humanos à Lua. Agora, o Orion poderá levar pessoas para a ISS (Estação Espacial Internacional), para a Lua e até para Marte. Ao contrário do projeto atual dos ônibus espaciais no qual carga e tripulação eram levados juntos, o Ares I levará a tripulação, enquanto a Ares V levará os equipamentos e a carga em geral. No lançamento de hoje, cerca de 700 sensores estão implantados no corpo do foguete para que

Wallpaper Saturno

Imagem
    Para mim é uma das imagens mais bonitas que foram registradas pela Astronomia recente. Acho que talvez seja pela ângulo da imagem que foi umas das primeiras a serem tiradas dessa posição “vista de cima” (entre aspas pois sabemos que não há cima ou baixo no universo, dizemos isso para nos localizar apenas). A imagem foi tirada pela sonda Cassini no começo de 2007. A posição da sonda é de cerca de 40º em relação aos anéis e estava aproximadamente a 1,23 milhão de quilômetros do planeta. A escala da imagem original é de 70 km por pixel. Foram 36 imagens em mosaico capturadas por mais de duas horas. São três imagens disponíveis em um único arquivo compactado. Disponível nas versões Widescreen (até 2560 x 1600), Fullscreen (até 1600 x 1200) e HDTV (1080p). Imagem: NASA.gov

Carl Sagan e outros cientistas em mais uma música!

Imagem
Depois de ser “lançada” o single A Glorious Dawn’ em que Carl Sagan e Stephen Hawking cantam sobre o universo, chegou a vez de Carl Sagan cantar junto com Richard Feynman, Neil deGrasse Tyson e Bill Nye a música ‘We Are All Connected’. Para quem gostou da primeira música, a segunda ficou bem interessante também. Para quem quer a versão em MP3, clique aqui . A letra da música e quem canta o que está abaixo: [deGrasse Tyson] We are all connected; To each other, biologically To the earth, chemically To the rest of the universe atomically [Feynman] I think nature's imagination Is so much greater than man's She's never going to let us relax [Sagan] We live in an in-between universe Where things change all right But according to patterns, rules, Or as we call them, laws of nature [Nye] I'm this guy standing on a planet Really I'm just a speck Compared with a star, the planet is just another speck To

Um conto de Isaac Asimov…

Por acaso eu encontrei esse conto do escritor de ficção e divulgador da Ciência Isaac Asimov. O grande público conhece sua obra devido a adaptações do cinema de duas de suas obras, o Eu, Robô e O Homem Bicentenário . O conto é relativamente longo (nada que uns 10 ou 15 minutos). Uma história muito criativa e que leva nossa mente desde um futuro próximo até a bilhões de anos a frente, quando a humanidade se pergunta se é possível reverter a entropia . O final é surpreendente! Clique aqui para ler o conto . Encontrei no novo-MUNDO .

Gagueira não é piada!

Imagem
  Embora o desenho esteja em contradição com o título, a população em geral tem poucas informações sobre a gagueira. O pouco que sabem vem de situações que são motivo de piada. São mais de 60 milhões no mundo (dois milhões delas no Brasil) que sofrem com a disfemia. Popularmente conhecida como gagueira, a disfemia é a dificuldade de falar fluentemente e continuamente as sílabas que compõe as palavras. Cerca de 75% das crianças apresentam episódios transitórios de gagueira, que geralmente são relacionados ao amadurecimento da fala. Uma das causas seria a lenta formação da rede neural que ainda apresenta dificuldades em organizar e articular as frases para serem ditas. Ainda há muitas pessoas que acham que a gagueira é contagiosa, por isso muitos que possuem o problema não tem sucesso profissional (alguns sequer passam da entrevista), problemas com a família e amigos. A Ciência mostrou que a gagueira tem origem genética, ou seja, não é contagiosa. Nesse caso, em casos de herança ge

Acerte o seu relógio!

Imagem
No sábado para domingo (17/18) alguns estados adiantam em uma hora o relógio. É o conhecido Horário de Verão . Ele é adotado como um meio de aproveitar mais o período em que o Sol ilumina a Terra (que no caso seria o Brasil) e assim economizar energia elétrica. Tudo começou em Londres, Inglaterra, onde um membro da Sociedade Astronômica Real, chamado William Willett (1856-1915) deu início a uma campanha para diminuir o consumo de luz artificial e aproveitar mais a luz natural. Ele propôs avançar os relógios dos cidadãos em 20 minutos aos domingos do mês de abril e retardá-los ao normal nos domingos de setembro. Muitas pessoas não gostaram (se é que isso não mudou muito até hoje) e muitos nem notariam a diferença, como foi no caso dos fazedeiros que acordavam assim que o Sol surgia no horizonte e paravam suas atividades quando o astro-rei (como fica com a nova regra?) se punha. Um ano depois de sua morte a Alemanha é o primeiro país a adotar o horário de verão, seguido pela Ing

Mapa da Exploração Espacial

Imagem
De vez em quando a NASA (ou a ESA ou outra agência espacial espalhada pelo mundo) lança uns brinquedinhos bem interessantes (e caros) para o espaço afora! Até parece meio triste viajar sozinho pelo Cosmo mas, se resolvermos reunir, assim como a National Geographic fez neste incrível infográfico quase 200 missões espaciais feitas nos últimos 50 anos, aí sim vira uma coisa menos solitária. A imagem está em inglês, mas dá para entender facilmente. Clique nela para abrir uma imagem maior. Eu gostei do trabalho. Vi no Hypescience .

Yes We Can!

Imagem
“Sim, nós podemos”. A celebre frase do então candidato a presidente Barack Obama é, além de uma coisa positiva e que nos inspira confiança nos leva a pensar que nossas ações, embora a princípio não pareçam, podem levar a consequências desagradáveis a longo prazo. No começo do século XX as pessoas se maravilhavam com os grandes avanços da Ciência e da Tecnologia. Contudo, essas descobertas geralmente colocavam o homem em risco em um prazo curtíssimo de tempo. Um bom exemplo seria os refrigeradores da época. Desde meados do século XIX comida conservadas em geladeiras era uma realidade um tanto perigosa nos lares das famílias mais abastadas. Eram frequentes os vazamentos dos gases responsáveis pela refrigeração. Geralmente eram usados amônia ou cloreto de metil. Um pequeno detalhe: eles eram tóxicos. Entrar na cozinha nessa época deveria ser uma aventura e tanto. Devido aos riscos serem maiores que os benefícios de se ter um refrigerador, empresas começaram a pesquisar uma substância

O Senhor dos Anéis

Imagem
  Concepção artística do anel descoberto. Ele não é visível a olho nu (foto: NASA). Se você achava que Saturno já tinha um monte de anéis prepara-se para essa notícia. Cientistas descobriram um anel gigantesco ao redor de Saturno. Embora o planeta seja bem grande (o segundo maior do Sistema Solar, com mais de 120 mil quilômetros de diâmetro no equador) ele fica praticamente imperceptível quando visto de mais longe para podermos “apreciar” os anéis descobertos. Apreciar entre aspas pois na verdade ele não é visível ao olho nu. A descoberta feita pela astrônoma Anne Verbiscer e publicada na Nature mostra que sua equipe usou o telescópio espacial Spitzer , mais precisamente sua câmera de infravermelho. Vesbiscer disse que o anel é praticamente invisível aos telescópios que captam a luz visível pois além da grande distância que o astro está do Sol as partículas de poeira e gelo que compõem o anel estão muito distantes uma da outra. “Mesmo você estando de pé no anel você não o ver

eco4planet – Busque ecologicamente

Imagem
Quem disse que você não pode ajudar a salvar o meio ambiente? Um projeto muito bacana que usa a sistema de buscas personalizadas do Google e conscientização ao mesmo tempo. A cada 50 mil buscas (para um site que tem 2,55 bilhões de acessos… POR DIA deve ser moleza!) os criadores do site plantam uma árvore. O site é feito com o fundo escuro, ou seja, além de você fazer uma busca usando o reconhecidíssimo motor de buscas do Google, você estará ajudando a plantar árvores e economizando energia. Essa informação está disponível no próprio site (e é no mínimo interessante): “O eco4planet ainda economiza energia pois sua tela é predominantemente preta, e um monitor utiliza até 20% menos energia para exibi-la se comparado à tela branca. Considerando as mais de 2,55 bilhões de buscas diárias realizadas no Google™ com tempo médio suposto em 10 segundos por pesquisa e a proporção de monitores por tecnologia utilizada, teríamos com um buscador de fundo preto a economia anual de mais de 7

A foto que quebrou a lente da câmera!

Imagem
Esta foto de um foguete Del 4-Heavy lançado do Cabo Canaveral, nos EUA, foi tirada pelo fotógrafo Ben Cooper utilizando uma câmera ativada por som. Quando uma câmera está tão perto de um foguete deste tamanho é bem possível que ela não sobreviva. Mas felizmente apenas as lentes foram destruídas, mas “valeu a pena” segundo Ben. A câmera sobreviveu apesar de ter sido atirada contra o chão. O detector de áudio foi encontrado a 200m de distância, mas ainda funciona. Como não pode permanecer pessoas próximas ao local de lançamento (vai que explode tudo) foi necessário o aparelho que ativasse a câmera por som. Achei aqui: Hypescience