Gagueira não é piada!

gago 
Embora o desenho esteja em contradição com o título, a população em geral tem poucas informações sobre a gagueira. O pouco que sabem vem de situações que são motivo de piada.
São mais de 60 milhões no mundo (dois milhões delas no Brasil) que sofrem com a disfemia. Popularmente conhecida como gagueira, a disfemia é a dificuldade de falar fluentemente e continuamente as sílabas que compõe as palavras.

Cerca de 75% das crianças apresentam episódios transitórios de gagueira, que geralmente são relacionados ao amadurecimento da fala. Uma das causas seria a lenta formação da rede neural que ainda apresenta dificuldades em organizar e articular as frases para serem ditas.

Ainda há muitas pessoas que acham que a gagueira é contagiosa, por isso muitos que possuem o problema não tem sucesso profissional (alguns sequer passam da entrevista), problemas com a família e amigos.

A Ciência mostrou que a gagueira tem origem genética, ou seja, não é contagiosa. Nesse caso, em casos de herança genética, pessoas da mesma família, de diferentes gerações, podem apresentar a disfemia.

No momento não existe uma cura definita para o problema. Através de exercícios com um fonoaudiólogo a gagueira pode diminuir e muito, podendo o indivíduo se comunicar com outras pessoas sem grandes dificuldades. E também há inovações tecnológicas como o que está disponível no mercado, o SpeechEasy.

O aparelho age no cérebro desencadeando o efeito coro ─ um fenômeno natural que reduz a gagueira. O efeito coro é um fenômeno natural que ocorre quando uma pessoa que gagueja fala ou lê ao mesmo tempo em que outra pessoa, reduzindo a gagueira. Por fazer a voz do usuário alcançar o cérebro com um ligeiro atraso e com um tom diferente, o aparelho fornece a sensação da pessoa estar falando ao mesmo tempo em que a outra, desencadeando o efeito coro, que reduz a gagueira.

O aparelho pode ser personalizado, e é pequeno (pode colocar na orelha, semelhante aos aparelhos auditivos). Para que o efeito seja otimizado, nada como o acompanhamento de um especialista.

O distúrbio de fala facilmente notado pois vivemos numa sociedade em que a fala desempenha um papel cada mais importante. É comum as pessoas não terem paciência para escutar o gago, interferindo na sua fala ou até mesmo completando o que acredita que o disfluente iria falar. Muitas pessoas que gaguejam relatam histórias em que aceitaram alguma coisa que não desejavam apenas para não estenderem a situação desconfortável.

Em se tratando de um distúrbio que não afeta a inteligência nem outras habilidades do indivíduo, a gagueira não deve impedir que a pessoa que gagueja trabalhe, estude e seja bem sucedida profissional e pessoalmente. Algumas pessoas famosas e influentes são ou foram gagas, como Aristóteles (filósofo), Charles Darwin (naturalista), Woody Allen (cineastra), Julia Roberts (atriz), Isaac Newton (físico). E no Brasil, Machado de Assis (escritor) e Silvio Santos (empresário e apresentador).

Dia 22 de Outubro foi instituído como o Dia Internacional de Atenção à Gagueira.
Com material da Scientific Americam . Imagem disponível em APPAI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário