O Membro!

 

Esse blog é de família portato não vou colocar homem pelado por aqui... sem falar que é feio pra caramba...

Uma coisa é certa: o pênis humano é muito estranho. Principalmente quando comparado com os demais primatas, nossos parentes evolutivos mais próximos. O primeiro quesito é o tamanho: os chimpanzés, os primatas mais bem dotados tem no máximo um pênis com metade do tamanho de um falo humano. A segunda é que o pênis humano é o único que tem glande.

A popular “cabeça do pênis” não é encontrada nos demais primatas que só possuem um falo inteiro, sem modificações anatômicas diferentes. Para as donzelas que nunca se aventuraram na intimidade masculina (e para alguns homens curiosos), há imagens (aviso no fim) detalhando a coisa toda.

Essa característica única fez Jesse Bering e Gordon Gallup, ambos psicólogos evolutivos, a se perguntarem do porque. Se baseando no conceito de competição, onde o mais bem adaptado sai ganhando, a dupla resolver analisar melhor a situação. De acordo com eles, a coroa do pênis (região onde a glande se separa do resto do corpo do pênis) é mais larga que o resto do falo abaixo dela. Com isso, de acordo com Gallup, durante a penetração a glande levaria o esperma alheio (de um outro cidadão que chegou antes) para trás, permitindo que seu esperma tenha mais chances de alcançar o objetivo. Agora falo ‘eca!’.

Ok, tudo muito interessante mas como toda boa hipótese esta deve ser testada. Mas calma, os pesquisadores não chamaram nenhum homem ou mulher para serem cobaias deles. Eles foram ao sex shop mais próxima e adquiriram uma variedade de pênis e vaginas realistas para fazer os experimentos. Entretanto, alguns pênis artificiais tinham ou não tinham a glande.

Depois de fazerem esperma caseira (calma, não é nada disso que você está pensando: é apenas uma mistura de farinha de trigo e água, só isso…) eles colocaram essa mistura nas vaginas artificiais e, com pênis com ou sem glande, simularam penetração e recolheram os dados. E eles se surpreenderam: os pênis que tinham glande conseguiam remover 91% da mistura que estava nos brinquedos, enquanto os pênis sem glande apenas 35%. E quanto mais profundo fosse a penetração, mais da substância era removida.

Outra questão abordada foi: se isso era para evitar que homens acabassem criando filhos dos outros por que os demais primatas, que são tão infiéis quanto nós, também não possuem glande? De acordo com Gallup eles resolveram isso aumentando a produção de espermatozoides. Os testículos dos chimpanzés por exemplo são três vezes maior que de um homem. Ou seja, quanto mais espermatozoides você produzir, maiores as chances de ter filhotes.

Então, quando você ver um homem se vangloriando do membro que ele carrega consigo não o desanime: bonito não é, mas é uma beleza vinda da fábrica da natureza.

O site Wikipédia contém imagens para fins educativos, entretanto poderá ofender algumas pessoas. Com informações de Reinaldo J. Lopes em Visões da Vida. Imagem por ~malakoutass em seu DeviantArt.

Nenhum comentário:

Postar um comentário