Gene da primeira respiração

 

_Yawn__by_Aconitum_Napellus

Noites mal dormidas para os pais de primeira viagem é, com certeza, o choro da criança (pelo menos eu acho, já que não tenho filhos, ainda). E pensar que todo esse fôlego foi recebido como se fosse uma música para os ouvidos quando o bebezinho acaba de nascer ele dá sua primeira golfada de ar e solta a “deliciosa” melodia. Agora os cientistas sabem que um gene é responsável pela primeira respiração: Tshz3 (Teashirt 3).

A pesquisa desenvolvida por Xavier Caubit e equipe do Centro nacional de Pesquisa Científica da França e divulgada no The Journal of Neuroscience mostrou que ratos sem Tshz3 não conseguiam respirar e morriam. A princípio a equipe pensou que o gene estava relacionado com a musculatura do pulmão responsável por permitir o animal respirar. Mas os pesquisadores perceberam mais tarde que o problema estava no desenvolvimento dos neurônios responsáveis pela respiração que se localizam no cérebro.

O que os cientistas descobriram é que sem o gene Tshz3 os neurônios responsáveis pelo desenvolvimento das vias aéreas superiores estavam desaparecendo momentos antes do nascimento e que os neurônios responsáveis pela atividade rítmica da respiração não se desenvolviam por completo. A falta da atividade rítmica não permitia o animal respirar corretamente durante o nascimento.

O gene Tshz3 está presente também em humanos o que permite pensar que ele tem a mesma função nos humanos. E já é possível pensar, embora ainda muito cedo, em meios de tratar recém-nascidos que tem problemas de respirar ao nascer. Assim a Ciência poderá propiciar para mais e mais casais dores de cabeça e alívio em saber, que do quarto ao lado, chora a todos os pulmões o seu amado filho.

Com informações de Folha. Abstract do artigo aqui. Imagem por *Aconitum-Napellus em seu deviantART.

Nenhum comentário:

Postar um comentário