Célula se dividindo…

 

O vídeo acima é bem interessante. Mostra, de uma forma bem didática, o que ocorre na célula durante a divisão celular, que acontece quando crescemos ou estamos recuperando o tecido da pele depois de nos machucarmos.

A célula, no começo do vídeo está em fase de intérfase. Isso significa que ela está desempenhando suas funções costumeiras, como respirar, metabolizar substâncias, entre outras. Existem etapas que podem ou não serem desempenhadas pela célula (quem lembra a época de escola do G1, S e G2 e a etapa G0 quando a célula não avança para a etapa S). Na etapa S, por exemplo, ocorre a duplicação do material genético dentro do núcleo. O DNA forma longas fitas enoveladas no núcleo, chamado de cromatina.

Para a célula se dividir ele precisa organizar a bagunça que está dentro do núcleo. O que ocorre é algo que todo mundo já viu uma vez na vida: os cromossomos. Os cromossomos são o DNA (a cromatina) condensada (ou seja, bem juntinho). Essa etapa é chama de prófase. O núcleo aos poucos some. Lembre-se que todos esses processos acontecem graças a enzimas e proteínas que existem na célula. Sua concentração e outros fatores determinam as etapas que ocorrem e como ocorrem.

Os cromossomos começam a se alinhar na região equatorial da célula (no meio dela). Essa fase é denominada metáfase. Enquanto isso as fibras do fuso que se originam dos centríolos que estão na região polar da célula se preparam para puxar os cromossomos. A anáfase é a fase em que os cromossomos, depois de alinhados, são puxados pelas fibras do fuso, que os levam em direção aos pólos da célula.

Na telófase o núcleo se organiza novamente em volta dos cromossomos que ficaram em cada lado da célula. Logo em seguida ocorre a citocinese, quando ocorre o ‘estrangulamento’ da célula, ocorrendo a divisão da mesma. O vídeo mostra de um jeito fácil e muito bonito de se ver. Apenas como curiosidade, os cientistas usam a célula em metáfase para fazer estudos no DNA, quando os cromossomos estão condensados e é mais fácil de trabalhar com eles. Legal, né?

Nenhum comentário:

Postar um comentário