Nós e o Universo...

Galáxia em espiral NGC 4038
em colisão.
Para quem não conhece o trabalho de Carlos Ruas talvez precise navegar um pouco mais na internet. Ele mantém o excelente 'Um Sábado Qualquer', onde seus personagens principais são Deus, Adão, Eva e Luciraldo. Suas tirinhas são demais (recomendo!). Vira e mexe ele publica uma animação em seu canal no YouTube onde ele conta alguma história ou explica determinada coisa. Resolvi compartilhar com vocês aqui sua explicação sobre o quão somos pequenos comparados com o Universo. Em uma rápida pesquisa encontrei um artigo relatando que, baseado no conhecimento disponível, o Universo conhecido tem, aproximadamente, 24 Gigaparsec de diâmetro[1].


Mas não se aflija diante dessa imensidão. Saiba que, quando você olhar à noite para o céu estrelado, poderá dizer, sem medo de encarar o Cosmos, que você veio dele e que agora você está com ele, tentando-o entender.

E antes de fechar o post, veja a informação extra dois[2]. E depois a três[3].

Informações extras:
[1]: Cada parsec equivale à aproximadamente 3,26 anos-luz. Cada ano-luz tem, aproximadamente, 9,46 trilhões de quilômetros. Convertendo os números, 24 Gigaparsecs equivalem à 78 bilhões de anos-luz. Entretanto os dados são muito diferentes de acordo com cada autor (já que ele se utilizam de fontes e de métodos diferentes para o cálculo de topografia do Universo). Entretanto, é consenso que o Universo tenha até mais do que isso em diâmetro. Bom, agora tente imaginar tudo isso em quilômetros.

[2]: que bom que chegou aqui. No vídeo é citada uma parte sobre o Calendário Cósmico. Fiz uma série de postagens sobre o assunto, onde cada evento que ocorreu no Universo foi transposto em um determinado dia no Calendário de um ano. Para rever todas as postagens e as datas em que esses eventos aconteceram em nosso calendário, clique aqui.

[3]: aproveite para curtir a página do blog no Facebook. Além das publicações que saem aqui e aparecem em seus feeds, você verá notícias e informações da Ciência de blogs amigos e sites interessantes. Curta lá!

Imagem por APOD (NASA). Mais informações em:
Neil J. Cornish, David N. Spergel, Glenn D. Starkman, Eiichiro Komatsu. Constraining the Topology of the Universe. Phys. Rev. Lett. 92, 201302 (2004). Disponível aqui (em arXiv.org).


Nenhum comentário:

Postar um comentário