Promoção cultural: Do Nano ao Macro 4 anos!


ATENÇÃO:
As participações para a promoção cultural 'Do Nano ao Macro 4 anos' foi encerrado em 21 de setembro de 2013. Os ganhadores serão divulgados em 27 de setembro de 2013, em uma postagem própria aqui no blog e, também, no Facebook.

Aviso: Para os leitores mais afoitos, recomendo que desça até a próxima imagem. Lá sim iremos direto ao ponto. Entretanto, a leitura dessa primeira parte é importante para o entendimento do resto.

Sim amigos, nem eu acredito que consegui chegar até aqui! Esse ano o Do Nano ao Macro comemora quatro anos de existência (mais precisamente em 27 de setembro, data da primeira publicação[1]). Os números de acessos e de postagens podem não ser muita coisa para muitos blogs tops (tanto de ciências como de outras áreas) mas, me surpreendo com os números de acessos que tenho e a quantidade de postagens que já escrevi até aqui, tentando conciliar faculdade e tempo livre para "espairecer" a cabeça de tanta ciência.

O Google me informa que tive, até o momento, mais de 46 mil visitas desde o surgimento do blog. A postagem que mais tive acessos foi um da série 9 Meses. A postagem em questão fala sobre o desenvolvimento do sistema nervoso no embrião. Por essa postagem, inclusive, foi contatado para permitir o uso dos meus desenhos e do texto para uso em aulas de faculdade. Realmente fiquei muitíssimo feliz por saber que meu conteúdo está sendo usado de modo tão positivo.

Para comemorar o aniversário de quatro anos, estarei presenteando os meus leitores mais criativos e mais apaixonados por essa senhora de 20 séculos de idade. Sim, a ciência!

Antes de entrar em maiores detalhes, gostaria que o nobre leitor lesse esse pequeno texto (caso não queira, embora recomende para o entendimento, pode pular até a imagem abaixo):

O conhecimento científico está, querendo ou não, presente em nossa vida praticamente todos os dias: seja nos circuitos que permitem o computador ou celulares funcionarem; no simples micro-ondas ou, ainda, naquele desodorante aerossol. A palavra “ciência” tem origem no latim, scientia, e significa “conhecimento”. Podemos definir ciência como sendo “o conjunto de conhecimento produzido pela humanidade e que tem por base o entendimento do mundo natural”. Carl Sagan, grande divulgador de ciências, disse que a “ciência é mais que um corpo de conhecimento, é um modo de pensar”. Para Dawkins, a “ciência é a poesia da realidade”. Entretanto, Einstein disse que a “ciência, comparada com a realidade, é primitiva e infantil”. Mas Einstein, laureado com um Nobel e considerado um gênio da ciência, nos acalma dizendo que, embora infantil, “é a melhor coisa que temos”. A ciência permite entendermos desde o mundo do muito pequeno – inacessível aos olhos humanos (frutos da evolução) – até o mundo do muito grande – onde nossas mentes alcançam planetas e galáxias distantes – viajando com nosso conhecimento desde o Big Bang até os dias atuais.
O conhecimento científico permitiu a descoberta do antibiótico. Desde então, milhões e milhões de pessoas foram salvas de males que eram, há apenas 100 anos, motivo de dor e ranger de dentes. Na década de 70, a ciência livrou a humanidade da varíola – um feito incrível. Graças a mais alimentos – muitos obtidos através de técnicas de melhoramento genético – e dos tratamentos médicos, a humanidade está se vendo cada vez mais vivida: a expectativa de vida simplesmente dobrou nos últimos 150 anos. E isso está trazendo problemas para a Terra: um mundo superpopuloso que consome cada vez mais recursos de um planeta cada vez menor para nossas ambições. E muitas dessas ambições são conquistadas com o uso pesado do conhecimento científico. Graças ao entendimento do átomo e de sua energia, Hiroshima e Nagasaki entraram para a história – infelizmente ceifando inúmeras vidas.  
A ciência é um produto do anseio humano em entender o mundo ao seu redor. Como uma criação humana, está suscetível ao próprio homem – o que inclui o famoso “o bem e o mau”.  
Para cada indivíduo que usufrui do conhecimento científico, a ciência pode ter um significado ou um conceito particular. O blog Do Nano ao Macro quer saber de você leitor qual é o significado que a ciência tem em sua vida. Queremos saber do nobre leitor: o que é ciência?
Esse texto está presente também nas regras gerais do presente de aniversário que o Do Nano ao Macro irá premiar aos seus leitores!


SIM!!! Estaremos premiando nossos leitores participantes com esses incríveis prêmios!  O Prof. Dr. Gilson Volpato, docente do Instituto de Biociências da Unesp de Botucatu/SP e a editora Best Writing gentilmente cederam dois livros para os autores das melhores frases. Aqui ficam meus agradecimentos ao Dr. Gilson e à editora pela doação.

É simples, basta escrever, de forma mais original e criativa possível, uma frase sobre 'O que é ciência?'. A melhor frase irá ganhar o livro Ciência: da filosofia à publicação, um livro essencial para quem quer aprender mais sobre o que é a ciência e entender os rumos da publicação científica, além de temas abordando a formação de um cientista. A segunda melhor frase irá ganhar o livro Dicionário crítico para redação científica, com mais de 750 definições do mundo da ciência explicados de forma clara e limpa: afinal, você sabe o que é 'índice h'? E 'metanálise'? O autor da terceira melhor frase não vai sair de mãos abanando: ele ganhará uma caneca Do Nano ao Macro 300ml.

E sabe quem vai escolher a melhor frase? Isso mesmo, o próprio autor dos livros! Olha que bacana! O blog enviará a ele as 10 melhores frases e o professor Volpato irá escolher as três melhores!

Para participar, recomendo que leia as regras gerais e, em seguida, preencha o formulário abaixo. Basta clicar em 'Enviar' e pronto! Simples! Você pode participar até o dia 21 de setembro de 2013.

O resultado sai dia 27 de setembro e será divulgado tanto aqui como na página do blog no Facebook! 

PARTICIPAÇÕES ENCERRADAS! 

Tem dúvidas? Quer mais informações? Comente abaixo ou deixe sua pergunta na aba 'Contato' na parte superior do blog. Além disso, você pode entrar em contato comigo através da página do blog no Facebook, via mensagem privada.

BOA SORTE!

Informações extras:

[1]: meu estilo de escrita e até mesmo o conteúdo em si mudou tanto que é estranho - até para mim - ler a primeira postagem do blog - que eu mesmo escrevi.

Imagens de divulgação feitas por mim, protegido por CC.

Nenhum comentário:

Postar um comentário