Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2014

Frases de quinta!

Imagem
Phil Plait, o Bad Astronomer, é astrônomo, cético e blogueiro de ciências. Imagem por ManoWar100 em seu deviantART.

Fazendo um herói...

Imagem
Um homem, ao colocar sua vida em risco em prol de outro, é um herói. Monumento ao bombeiro voluntário em Barcelos, Portugal. Quando falamos em heróis, já imaginamos aqueles homens com espadas nas mãos, vencendo incríveis obstáculos impossíveis de serem superados por meros mortais como nós, afim de alcançar o seu desejo, seja riquezas, a mão da bela donzela que fora raptada ou as duas coisas. A primeira citação que se conhece do termo super-herói, de acordo com o dicionário inglês Merriam-Webster, data de 1917. Entretanto, o primeiro personagem com características de super-herói que temos hoje em dia (um vingador mascarado, esperto e cheio de truques) surgiu em 1903, com o lançamento de O Pimpinela Escarlate. Esse tipo de super-herói abriu terreno para outros heróis conhecidos e cômicos, como Zorro (1919) e Popeye (1929). Os super-heróis ganham superpoderes e iniciam a chamada 'Era de Ouro dos Quadrinhos', com o surgimento de Superman (Super Homem, em 1938). Entre

A alegria da descoberta!

Imagem
Olhe para o céu noturno... em uma noite limpa e clara, e longe das luzes, você poderá ver inúmeros pontos luminosos no céu... Via Láctea visto no Salar de Atacama, no Chile. Durante muito tempo, esses pontos foram venerados por nós, utilizados por nós e até mesmo adaptados por nós. Basta lembrar que muitas pessoas acreditam na astrologia, onde os astros teriam influência sobre nossas vidas. Lembre-se, também, que os navegadores agradeciam suas vidas à posição dos astros no céu para se localizarem. E, devido suas posições aparentes, as estrelas nos mostravam homens, animais e objetos: constelações. A constelação 'cruzeiro do sul'. Ficamos muito tempo assim. Até que um dia, com o conhecimento acumulado ao longo dos séculos, desenvolvemos objetos e aparatos que permitiam ver mais do que nossos olhos estavam acostumados a ver até então. Galileu Galilei. Quanto mais conhecimento, mais o céu noturno nos mostrava... e mais causava admiração. E espanto.

Malária with lasers!

Imagem
Malária com lasers? Corram para as montanhas![1]. Imagem por microscópio eletrônico de varredura, mostrando hemácias rompidas liberando o protozoário da malária. Colorido no computador. Calma! O protozoário da malária não ficou super-mutante a ponto de disparar lasers para todos os lados. Um trabalho publicado no finzinho de dezembro na revista PNAS (Proceedings of the National Academy of Sciences) aponta para um método de detecção da malária de uma forma totalmente não-invasivo, mais rápido e prático. Atualmente o método de detecção mais usado é o parasitológico de sangue por meio da gota espessa. Nele, uma amostra de sangue do indivíduo é colocado em uma lâmina e observado diretamente no microscópio. Esse procedimento é, de longe, um dos mais rápidos e mais baratos disponíveis. Entretanto, esse método ainda requisita o uso de um microscópio óptico e de um local onde o material será analisado[2]. Entretanto, Lakianova-Hleb e seus colegas da Universidade de Rice, Houston,