Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2014

Bactéria diminui tumor em humanos e cães

Imagem
Pesquisas atuais estão retomando ideias para o tratamento de câncer de mais de 200 anos. E os resultados são surpreendentes, não apenas para nós humanos. Texto original por Mitch Leslie para Science. Traduzido por Wesley Santos para o blog Do Nano ao Macro Uma seringa cheia de bactérias nocivas parece ser a última coisa que pacientes com câncer precisam. Mas um novo estudo em cães com câncer, e até mesmo um paciente humano, mostrou que injetando uma determinada bactéria diretamente nos tumores podem diminuir ou até mesmo os eliminar. Os resultados respaldam os casos usando bactérias para tratar o câncer, uma abordagem que o pobre desempenho em alguns ensaios clínicos, poderá funcionar. Médicos perceberam primeiramente que infecções bacterianas podem, algumas vezes, diminuir ou mesmo erradicar tumores há mais de 200 anos. William Coley, um cirurgião da cidade de Nova York, foi o primeiro a testar essa ideia. Na década de 1890, ele injetou Streptococcus em pacientes co

[5 anos] Sorteio de aniversário!

Imagem
"Thanks for all the fish access" =P Pois é, queridos leitores e nobres amigos... nem eu acredito que estou caminhando para comemorar o quinto aniversário desse querido blog. Graças a ele, aprendi muito e conheci muitos blogueiros e novos amigos. Quando o criei, em setembro de 2009, não imaginava que iria mantê-lo assim, firme e forte até o presente momento, registrando quase 100 mil acessos e quase 400 postagens publicadas. Agradeço a cada um de vocês que acessam o blog, seja em um retorno de resultados do Google, você leitor assíduo que sempre está entrando aqui para ver alguma nova postagem ou, ainda, você que acessa através de feed RSS ou e-mail. MUITO OBRIGADO! Se eu pudesse eu enviava um gracejo especial para cada um de vocês mas, infelizmente, ciência não é uma área em que o financeiro é agradável de se ver. Mas ainda assim, dá para presentear os queridos leitores que nos acessa com um presente super especial! Sim, queridos leitores... no rit

Quando os elementos químicos foram descobertos?

Imagem
Todos os elementos químicos que compõe o mundo ao nosso redor (incluindo as complexas moléculas que nos constitui) foram sendo descobertos aos poucos, graças ao empenho de homens e mulheres em busca de entender mais o mundo que nos cerca. O homem, desde a descoberta e o desenvolvimento da manipulação de metais, teve curiosidades em aprender cada vez mais sobre suas propriedades e potencialidades. Entretanto, o homem durante milhares de anos sabia a existência de poucos metais[1] e os utilizava na confecção de armamentos, tubulações de água, construção civil, alimentação e cosméticos. Sim, metais para alimentação e cosméticos. Os romanos utilizavam, por exemplo, suco de uva fervido em tachos de chumbo, de modo a obter um xarope adocicado que era usado para melhorar o sabor de vinhos e frutas. Esse xarope acabava contendo acetato de chumbo, que era consumido. Atualmente sabemos que o chumbo, em qualquer forma e concentração, é tóxico (tanto que não existem níveis seguros de e

Mosaicismo: a herança de risco em ter mais de um conjunto de DNA

Imagem
Carl Zimmer apresenta um texto contando um pouco mais sobre o mosaicismo, uma interessante condição genética em que pais, sem querer, pode acabar comprometendo seus filhos. Texto original por Carl Zimmer para o The New York Times. Traduzido por Wesley Santos para o blog Do Nano ao Macro Mosaico romano de Ulisses da Odisseia de Homero. Mosaico originalmente em Cartago. A família parecia desafiar as regras da genética. Quando Meriel M. McEntagart, uma geneticista do St. George’s University de Londres encontrou a família em maio de 2012, ela suspeitou que três das crianças tivesse uma doença genética rara conhecida como ‘síndrome de Smith-Magenis’. Eles apresentavam muitos dos sintomas da doença, como dificuldade em dormir a noite. A Dra. McEntagart confirmou o diagnóstico por meio de um teste genético. As crianças tinham perdido um trecho idêntico do gene conhecido como RAI1. Uma das crianças tinha um pai diferente das outras duas; portanto, a mãe poderia ser a f

[atualização] Ebola

Imagem
Use o link permanente para sempre acessar essa postagem e ter informações atualizadas sobre o ebola: http://bit.ly/ebola_update . As notícias mais recentes estão no topo da postagem, retornando no tempo a medida que desce a página. Procura por notícias mais recentes? Veja a nova postagem de atualizações sobre o ebola, clicando no link permanente para o assunto:  http://bit.ly/ebola_update2 No dia 11 de julho de 2014 foi publicado aqui no blog a postagem ' O que sabemos sobre o ebola? '. Como o surto está sendo considerado praticamente fora de controle (pelo Médicos sem Fronteiras e até mesmo um risco de ficar fora de controle pelo OMS), novas notícias sempre estão surgindo, o que faz necessário estar sempre em atualização. A postagem sobre o assunto publicado no começo do mês de julho estava recebendo atualizações constantes referentes ao ebola. Entretanto, como ela estava ficando cada vez maior (somando a postagem original mais as atualizações), o leitor prec

[videolog] Indicadores de pH

Imagem
Infelizmente o laboratório não fica assim (o tempo todo). Já disse na postagem que fiz sobre gelo seco que ele é uma das coisas mais divertidas para se mexer quando se está em um laboratório. A minha foto que ilustra a página ' O que é? ' desse blog não me deixa mentir sobre isso. Outra coisa bastante legal de se ver em um laboratório é quando as coisas mudam de cor. Existem muitas coisas que podem mudar de cor em um laboratório, desde fitas com tinta sensível à altas temperaturas, servindo como indicador de que determinado produto sofreu ou não processo de esterilização, plásticos que mudam de cor na presença de um determinado gás e produtos que mudam de cor dependendo do pH do meio onde ele está. O pH é sigla para potencial hidrogeniônico[1] e é um índice que indica o quão ácido ou básico (ou neutro) é determinado composto. Ele é medido pela quantidade de íons hidrogênio (H+) livres em determinada solução. Convencionou-se que o pH 7 é o pH neutro. Valores abaix