Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

O que sabemos sobre a peste negra?

Imagem
Link permanente para essa postagem:
bit.ly/peste_negra
A peste negra (ou peste bubônica ou, ainda, praga[1]) é uma das doenças mais conhecidas pela humanidade (talvez, exceto, pela aids ou varíola). Sua forte associação com a Idade Média, ceifando a vida de milhões de europeus nesse período a fez ser tema de livros[2], filmes e documentários. De fato, acredita-se que apenas a malária tenha matado mais do que a peste negra até então.

Atualmente, um surto de peste negra está ocorrendo em Madagascar. Desde o início do surto, em setembro de 2014, 263 pessoas foram infectadas, com 71 mortes (boletim OMS de 11 de fevereiro).
A doença acompanhou a humanidade desde a Antiguidade. Acredita-se que parte do declínio do Império Romano[3] se deu quando soldados romanos ajudaram a disseminar a doença pela Europa ao retornar das batalhas no Golfo da Pérsia no ano de 165. De fato, as maiores epidemias já registradas na história aconteceram com essa doença.
A primeira pandemia é a chamada Praga de Jus…

Viajando a velocidade da luz!

Imagem
Muito se especula sobre a possibilidade de viajarmos, um dia, pelo universo à velocidade da luz. Embora a ideia de cruzar distâncias grandes a cerca de 300 mil quilômetros por segundo pareça ser sensata, uma coisinha chata acaba atrapalhando nossas ideias: a física.
Os conhecimentos adquiridos desde o começo do século XX, com Einstein e sua relatividade, entendemos que coisas estranhas acontecem quando viajamos muito rápido.
Assim como andar de carro, precisamos de mais energia (ou seja, mais combustível) para fazer o carro andar mais rápido. Quanto mais rápido, mais energia. Einstein teorizou que, para uma partícula com massa (nós somos um corpo cheio de átomos que possuem massa[1]), precisaríamos de muita energia para alcançar a velocidade da luz. Para estar na velocidade da luz, precisaríamos de energia infinita para que a partícula permaneça nessa velocidade.
Sem contar que, como no mene ao lado, quanto mais rápido, maior será a massa da partícula, chegando a ter massa infinita q…

Um clique para a natureza!

Imagem
Camadas em rochas em Marte. Os cientistas suspeitam que a água e seca foram responsáveis por essas camadas de sedimento vistos pelo rover Curiosity em novembro de 2014, antes de Marte ficar completamente seco, como vemos hoje.
Imagem via APOD, da NASA.

Quando a Pós encontra o Ensino Médio...

Imagem
[ritmo de 'Beijinho no Ombro', de Valesca Popozuda] ♪♫ Desejo a todos febre alta e dor no corpo, Pra que vejam cada dia mais nossa vitória Piquei de frente, é só moleza e canseira Aqui no vaso 'nóis' se cria e faz história ♪♫
Participei, pela primeira vez, de um curso de férias desenvolvido por vários programas de pós-graduação do campus da Unesp de Botucatu. Nele, alunos de graduação e pós-graduação (mestrandos, doutorandos e mesmo pós-doutorandos) tem por objetivo transpor seus conhecimentos para os alunos de escolas públicas da região, sem ajuda de lousa, giz[1], livros ou qualquer outra coisa que remeta ao ensino formal, aquele que vemos na escola.
Sou mestrando pelo programa de Doenças Tropicais da Faculdade de Medicina da Unesp e entrei como monitor no curso de férias "Do amarelão às picadas de cobra: um passeio pelas doenças tropicais". Entre danças e explicações sobre doenças que ocorrem nas regiões tropicais do globo, confesso que fiquei surpreso co…