Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

O melhor em 2015!

Imagem
Estamos escrevendo as últimas linhas desse grande livro chamado '2015'. Com eventos impactantes logo nos primeiros dias, como o atentado ao jornal Charlie Hebdo em janeiro e o desastre ambiental causado pelo rompimento das barragens sob responsabilidade da Samarco Mineração, em Minas Gerais.
Assim como todos os anos, a ciência ajudou a escrever algumas páginas importantes. Como destaque, lembro ao leitor que esse foi o ano em que a febre zika aterrissou no Brasil, alertando a comunidade científica pela associação, até então inédita, de que o vírus seria responsável pelos casos de microcefalia em recém-nascidos em diversos estados brasileiros. Esse ano também foi quando conhecemos realmente a superfície de Plutão, comovendo os astrônomos que sonharam com esse momento por anos. Além disso, indícios de água em Marte fizeram os olhos do mundo se virarem para o planeta vermelho.
Como de costume, a última postagem de 2015 reúne as notícias mais importantes que ocorreram no contexto…

O mito do Bom Velhinho...

Imagem
"A afirmação mais polêmica do livro, no entanto, deve ser a de que sustentar a crença das crianças na realidade de Papai Noel é imoral e pernicioso. Imoral porque é uma mentira pura e simples -- e os pais não devem mentir para os filhos -- e pernicioso por uma série de motivos que o autor enumera."
Você provavelmente sabia que estava falando sobre o Papai Noel apenas lendo 'Bom Velhinho' no título. A associação enraizada do Papai Noel em nossas mentes se deve à infância que tivemos, levados por observações dos pais sobre a existência do velhinho de barbas brancas, roupas vermelhas, gorducho e que carrega presentes em um saco grande levados por renas voadoras, somado à músicas que enchem os ouvidos nessa época do ano.
"Como é que Papai Noel, não esquece de ninguém? Seja rico ou seja pobre, o velhinho sempre vem..."
Carlos Orsi apresenta um pouco sobre os mitos que rondam o Natal, focando no impacto do Papai Noel como lorota contada às crianças e como levamo…

Cientistas brasileiros...

Imagem
Provavelmente, se eu te perguntar se você conhece algum cientista brasileiro, você irá citar um, dois nomes... talvez cite mais, se você estiver envolvido no meio científico (ou realmente for apaixonado por essa linda dama que é a Ciência). Isso se deve ao fato de a maioria do público que visita blogs científico terem interesse pelo assunto. Mas, infelizmente, a realidade não é bem assim. Uma pesquisa desenvolvida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), intitulada 'Percepção Pública da Ciência & Tecnologia 2015' mostrou que apenas 6,1% dos entrevistados[1] disseram sim se 'conheciam algum cientista brasileiro'.
Isso é sério.
Pouco mais de 100 pessoas, em um universo de quase dois mil disseram que conhecem o nome (nem precisa ser os feitos) de algum cientista made in Brazil. E o negócio não muda tanto quando se olha o nível de escolaridade. Entrevistados que disseram ter ensino superior completo (a faculdade), apenas 19,3% responderam sim para a m…