Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2009

Os efeitos do Ano Novo!

Imagem
Dezembro é mês de festejar e isso significa submeter a saúde a uma maratona. Quanto maior a animação, maior o desafio: cérebro, fígado, estômago, células defensoras, até coração trabalham cada vez mais freneticamente, enquanto o festeiro se diverte. O folião nem desconfia que o maior agito não está ao seu redor e sim dentro dele próprio. Veja aqui o que acontece em um réveillon e tenha boas festas, quer dizer, agüente firme! 21h30: Pronto para fugir A campainha da casa do anfitrião é um alarme para o cérebro do convidado, que dispara mensageiros químicos rumo a duas glândulas acima dos rins, as supra-renais. Ao receber o aviso, elas despejam os hormônios do estresse: a adrenalina, que acelera o coração, e os glicocorticóides, que retiram nutrientes das células. Tudo para mandar mais sangue e combustível aos músculos, deixando o corpo preparado para dar no pé, caso encontre uma surpresa desagradável do outro lado da porta. É um mecanismo de defesa inevitável. 21h40: Água na boc

e-books, Livros e Neurociência!

Imagem
A americana Maryanne Wolf é uma das maiores especialistas na área da neurociência que estuda os efeitos da leitura no cérebro, tema sobre o qual já escreveu mais de uma dezena de livros. Hoje, ela se dedica a entender, cientificamente, como as pessoas assimilam conhecimento por meio de novas tecnologias, como o e-book. De Boston, onde comanda um centro de pesquisas na Universidade Tufts, Maryanne falou à repórter de Veja Renata Betti.   Suas pesquisas indicam que ler um livro digital não é o mesmo que no papel. Por quê? A observação sistemática mostra que, com o e-book, as pessoas tendem a acelerar o ritmo de leitura e a absorver menos conteúdo. Isso porque a tela remete à ideia de que é preciso vencer etapas a cada instante, antes que a bateria termine ou que se perca a conexão. Ainda faltam, no entanto, evidências baseadas na neurociência, como as que já existem sobre a internet. O que já se sabe sobre a leitura na rede? Ela é mais superficial, segundo revelam as imagens

Poços gravitacionais

Imagem
    Achei meio sem querer essa imagem no site xkcd.com . A imagem (que é uma coisa muito nerd) mostra a gravidade dos planetas e o poço gravitacional no qual uma coisa (nave, por exemplo) teria que atravessar para sair da interação gravitacional desse planeta. Por exemplo, na imagem podemos ver que para fugir da gravidade de Júpiter é necessário mais energia do que para sair de Marte. Clique na imagem e você será redirecionado ao meu DeviantArt . Nele é possível ver a imagem em alta resolução para poder ler. Inclusive poderá baixar (caso queira). A imagem original está disponível aqui . Caso encontre erros na tradução ou na escrita, avise nos comentários. Obrigado.

Teoria da (In)volução

Imagem
É certo que a Evolução nos faz ficar mais inteligentes, espertos, relativamente mais bonitos (afinal, tendemos a procriar apenas com quem achamos bonitos, não é mesmo) e outras coisas que nos fazem o que somos hoje. Mas, embora não pareça, algumas coisas não melhoram com a evolução. E isso se aplica a nós! O jaimaicano Usain Bolt quebrou o recorde mundial de 100 metros nas Olimpíadas de Pequim em 2008: 9,69 segundos. “Meu Deus, isso é muito rápido!”, você deve estar pensando. Sim, é rápido. Mas nem se compara aos aborígenes de 20 mil anos atrás. Rastros deixados por eles na lama há milhares de anos permite aos pesquisadores de hojhe determinar a velocidade em que eles corriam. A velocidade em que se chegou foi de 37km/h. Bolt chegou a 42km/h. Acontece que o nosso amigo aborígene em questão não tinha uma pista de atletismo oficial na época. Ele correu descalço, na lama e com água passando dos 7 centímetros de altura. Se estivesse nas mesmas condições de pista e calçados de Bolt, talvez

Máquinas Híbridas!

Imagem
Pesquisadores do Argonne National Laboratory (Laboratório Nacional Argonne, vinculado ao Departamento de Energia dos EUA) anunciaram num artigo publicado recentemente no PNAS os primeiros resultados que demonstram a possibilidade de se criar máquinas híbridas, num futuro próximo. Utilizando soluções contendo aproximadamente 10 bilhões de bactérias por centrímetro cúbico, os pesquisadores demonstraram ser possível mover pequenas engrenagens de 380 um (micrômetros, ou seja, um milésimo de milímetro) alterando-se os níveis de ar e nitrogênio dissolvidos no líquido. Fato interessante: nesse estudo descobriu-se que o movimento de natação coordenada que as bactérias Bacillus subtilis realizam em suspensão é peculiar à concentração mencionada anteriormente (de 10 bilhões/cm3). Em concentrações menores, os movimentos das bactérias parecem aleatórios, enquanto em soluções mais concentradas (acima de 40 bilhões/cm3) os organismos adotam um comportamento diferente, criando biofilmes. Apesar de

Wallpaper Albert Einstein

Imagem
  Wallpaper com uma frase de um dos maiores gênios que pisaram neste planeta: Albert Einstein. Além de suas contribuições no mundo da física, Einstein também se lançava no mundo filosófico soltando essas belas frases. Há muito outras obviamente, mas essa é uma das melhores dele (eu acho). O wallpaper está compactado em um arquivo .rar. São três versões: um widescreen (para até 2560 x 1200), um fullscreen (até 1600 x 1200) e um HDTV (1080p).   CLIQUE AQUI!   Criado por mim. Permitida a reprodução desde que citado a fonte. Imagem de Albert Einstein foi encontrado por divulgação na internet.

Um trabalho como presente de Natal!

Imagem
O Papai Noel como conhecemos hoje é uma criação do designer Haddon Sundblom para peças publicitárias da Coca-Cola. Apesar de todas as discussões sobre pacotes de estímulo à economia e criação de vagas de trabalho, ninguém pensou em pedir a Papai Noel para tirar uma folga na Véspera de Natal. Terceirizar seu trabalho, pedindo a meros mortais para fazerem a entrega dos presentes de Natal, poderia ser o impulso que está faltando para estimular a recuperação da economia.  Papai Noel não foi encontrado pela redação para comentar essa ideia. No entanto, pesquisadores independentes ainda teriam que buscar uma compreensão razoável das técnicas que permitem a ele viajar ao redor do mundo, entregando encomendas a centenas de milhões de residências em uma única noite. O NORAD - a organização militar responsável pela defesa aeroespacial e marítima dos Estados Unidos e Canada - rastreou o trenó dele com o radar e alguns chegaram a especular sobre a agilidade demonstrada, atribuindo a mesma a

O Universo em uma Árvore de Natal

Imagem
A árvore de Natal é um belo símbolo, representando a vida eterna renascendo do inverno. Os antigos já haviam compreendido os solstícios, e a decoração da árvore com frutas simbolizava a fartura por vir. Bem, nós descobrimos um tanto mais sobre o Universo desde então. Que tal enxergar a árvore de Natal sob a luz de um punhado destas novas descobertas? Você pode agitar sua ceia de Natal. Conhecemos hoje mais planetas além do sistema solar que o número de bolas de Natal em sua árvore . A contagem atual é de 358 exoplanetas ; Se o planeta Terra fosse diminuído ao tamanho de uma bola de Natal, seria uma bola mais lisa que as outras . Geometricamente: o Monte Everest (+8km) ou a Fossa das Marianas (-11km) representam imperfeições minúsculas dado o diâmetro de mais de 12.000km. É uma imperfeição menor que 0,01%. Caso um familiar particularmente inconveniente disser que a Terra não é perfeitamente esférica, e sim um esferóide oblato , mais largo no equador

A força da mordida!

Imagem
O cérebro da gente costuma fazer seu trabalho tão bem feito que a gente nem nota a força que faz para sustentar o peso dos braços (é preciso uma anestesia braquial para descobrirmos que são os músculos que mantêm o braço encaixado em sua articulação), a língua mexendo na boca quando se fala (só prestando atenção é que se nota), nem... a força com que esmagamos a mandíbula contra o maxilar quando mastigamos (segundo o programa do Animal Planet em que o apresentador insensato enfiava um medidor de pressão na boca de um hipopótamo, a mordida do animal, por exemplo, tem 780 kg de força). Não sei qual é a força da nossa própria mordida, mas sei por experiência própria que ela se faz notar quando o cérebro erra o mapa da boca e... morde o lábio junto com a comida. Ah, a dor. Para piorar a situação, uma vez machucado e inchado, aí é que o lábio de fato "sai para fora do mapa" que o cérebro tem da boca - e as chances de morder o machucado ficam ainda maiores. O que, por sua vez, a

10 Assuntos Científicos do Ano!

Imagem
O ano de 2009 está acabando e começa a aparecer listas e balancetes de tudo. No ano foram arrecadados tantos milhões bilhões em impostos ou os artistas mais bem pagos por Hollywood neste ano, e assim vai. O que me chamou a atenção foi uma lista que a Scientific American fez sobre os 10 assuntos científicos mais falados do ano. Vale a pena dar uma olhada! 01 – Grande Colisor de Hádrons: depois dos problemas no ano passado, esse ano foi! O colisor de partículas finalmente esta em uso e já bateu todos os recordes da sua categoria "colisor peso pesado". E ele próprio já é uma previsão para 2010, afinal resultados vão começar a sair logo mais. 02 – Influenza A(H1N1): o assunto do ano! Nos fez prestar atenção na gripe comum, no nosso sistema de saúde nacional e mundial. Mostrou a fragilidade da informação rápida para o cidadão, onde o único meio de comunicação com informação, explicativa, ajustada e de confiança foi o blog colega Rainha Vermelha . Mostrando a força e importânci

Um lobinho, dois lobinhos…

Imagem
  Estão vendo essa imagem acima? Realmente é muito bonita, não é? Possivelmente o autor dessa imagem deve ter se esforçado muito, tendo que ficar dias e dias verificando seu equipamento para que captasse o momento exato em que um lobo pula a cerca para atacar a criação de ovelhas de um fazendeiro. Bom, foi mais ou menos assim de acordo com o autor da imagem, José Luiz Rodriguez. A imagem é tão bela que ganhou o prêmio Veolia Environment Wildlife Photographer of the Year feito pelo Museu de História Natural Britânico e pela BBC Wildlife. Você deve estar dizendo: caramba, depois de tanto trabalho, merece ganhar. Sim, merece, mas se realmente o esforço valesse a pena. Acontece que o autor da imagem está sendo acusado de forjar a imagem. De acordo com especialistas, o lobo foi treinado para fazer isso e ele pertenceria a um zoológico próximo a Madri. Até nome o animal tem: Ossian. Para esses especialistas que publicaram na revista especializada em vida selvagem Suomen Luonto, publ

Resenha de “O Símbolo Perdido”

Imagem
Depois de alguns anos sem publicar nada (devido principalmente a ações judiciais movidas contra ele), o ilustre autor de livros de suspense mais famoso da atualidade volta a tona. Dan Brown , autor do (como diz a orelha de um livro dele) mega-seller O Código da Vinci e do sucesso Anjos e Demônios aparece com mais um suspense cheio de símbolos, mistérios e conhecimentos da ciência moderna em O Símbolo Perdido . Publicado pela Editora Sextante são 489 páginas de delírios e perseguições na capital dos Estados Unidos. Uma das principais diferenças que encontramos no livro é isto: geralmente as histórias de mistério e suspense se passam geralmente em cidades antigas ou com uma forte carga histórico, como foi o caso de Anjos e Demônios que se passa no Vaticano e em O Código da Vinci que se desenrola em Paris. Dessa vez Dan Brown faz que Robert Langdon , o simbologista de Harvard, se aventure em Washigton D.C. <spoiler mode on> Ao ser chamado as pressas para ir ao Capitólio por seu g

O Universo Conhecido

Imagem
  Fantástico vídeo feito pelo Museu Americano de História Natural. Usando a computação atual e os dados mais atuais que temos sobre o Universo, o vídeo começa do Himalaia e termina no Ganges indo e voltando por todo o universo conhecido. É uma excelente produção. Mostra alguns dados durante a ‘viagem’ de pouco mais de seis minutos. Não fique decepcionado ao perceber logo no começo do vídeo a insignificância da Terra em relação ao resto do universo. Sim, estamos dentro dela e ela está dentro do Universo. E lá fora é imenso. Recomendo ver o vídeo em qualidade HD e em tela cheia para apreciar os detalhes (se sua conexão permitir tal coisa, óbvio).  

Jovem apresenta convulsões ao ver degraus!

Imagem
Um caso incomum de epilepsia do lobo temporal foi publicado por neurologistas da Universidade Americana de Beiture, na capital do Líbano, na revista Epilepsy & Behavior. Um rapaz de 24 anos, diagnosticado com a patologia aos 10, apresenta convulsão toda vez que vê degraus de escada. Não bastasse o estranho estímulo que desencadeia as crises, as reações também são inusitadas. Ele começa a abraçar e a beijar, de forma repetitiva e estereotipada, qualquer pessoa que esteja por perto. Segundo os médicos, trata-se de um caso único. O eletroencefalograma revelou padrões de ondas cerebrais menos intensos que os da maioria dos pacientes com epilepsia do lobo temporal, mas é difícil relacioná-los aos automatismos afetivos, na opinião dos autores. Eles descrevem ainda as estratégias do rapaz para evitar as crises, como não olhar para escadas e, se tiver de subi-las, desviar o olhar dos degraus. Artigo original em Mente e Cérebro .

Lentes de contato invocada!

Imagem
Uma lente de contato que usa ondas de rádio para prover energia para seus LEDs poderá ser uma nova forma de exibição de imagens. A lente funcionará como um protótipo de um aparelho que poderia exibir informações de um aparelho móvel. Tendo em vista que o tamanho dos monitores fica cada vez menor em aparelhos móveis, o pesquisador Babak Parviz da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, teve a ideia de projetar as imagens dentro do olho a partir de uma lente de contato. De acordo com ele, uma das limitações dos displays atuais é que eles têm um campo de visão muito limitado. Uma lente de contato poderia dar um espaço no campo de visão muito maior. “Nossa ideia é criar imagens que flutuem em frente ao usuário, cerca de 50 centímetros ou a um metro de distância”, afirma. A pesquisa é feita colocando aparelhos eletrônicos em nano ou microescala em substratos como papel ou plástico. Parviz explica que usa lentes de contato, e a escolha da plataforma foi feita para juntas as duas

Festejando a Interdisciplinaridade!

Imagem
Interdisciplinaridade não começa na sala de aula, nem no livro. Não veremos interdisciplinaridade enquanto ela estiver só no discurso e não conhecermos realmente pessoas que pensam diferente. Se você pensar bem todas as áreas tem algo em comum, às vezes mais do que imaginamos, mas mesmo assim conseguimos isolar as pessoas e suas formas de pensar. E o que melhor para aproximar as pessoas do que uma boa festa?! Então elaborei um jogo fácil para fomentar a criação de festas interdisciplinares iniciando uma lista de nomes de festas unindo dois cursos de graduação! Divirta-se e participe praticando um pensamento interdisciplinar. Festa da Medicina e da Engenharia Mecânica: Fórceps. Festa da Engenharia Mecânica com a Odonto: Boticão. Festa da Odonto com a História: Joaquim José da Silva Xavier. Festa da História com a Veterinária: Historinha pra boi dormir. Festa da Veterinária com a Sociologia: Mula sem cabeça. Festa da Sociologia com a Física: Miro-física do poder Festa da Física c

Einstein é uma fraude!

Imagem
Pelo menos é o que diz o cidadão – chamado de Luiz Bena-não-sei-o-que – em um ‘cartaz’ que ele deixou na frente do CBPF (Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas). Quer ler o que diz o cartaz que mudará para sempre o nosso conhecimento sobre o Universo. Clique na imagem para ampliar. Achei no Para Um Outro Lugar .