O Difícil Lado de Fora do Universo

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Talvez uma das questões mais difíceis de serem respondidas seja: “o que havia antes do Big Bang?” ou “o que há do lado de fora do Universo?”. Bom, partindo da ideia que houve um início (o Big Bang), naturalmente somos levados a ideia de que o Universo ‘nasceu’ em algum lugar. É aí que mora o perigo.

Para a Ciência, o espaço (assim como o tempo) surgiram apenas quando surgiu o Universo. Ou seja, há nada (nada mesmo) do lado de fora do Universo, nem espaço e nem o tempo. Como consequência, as leis da Física não se aplicam. Ou seja a Ciência não pode responder a essas dúvidas com grau razoável de verdade pelo simples fato de a Ciência não se aplicar ao lado de fora do Universo. Sem falar que há um pequeno probleminha: o humano. Acompanhe o raciocínio abaixo:

Imagine o cosmo todo estrelado, com galáxias, planetas e cometas. Bom, as coisas estão se mexendo pois o tempo está andando. Para imaginar o lado de fora do Universo precisamos tirar as coisas que fazem o Universo (pois elas não existem lá). Antes de tudo pare o tempo (isso é fácil de fazer se você imaginar que apertou o pause de seu DVD). Agora que tudo está parado, vá tirando os planetas, estrelas e galáxias que você está ‘vendo’. Tirou tudo? O que você vê? “Nada”? Bom, essa coisa preta que sobrou não é o ‘nada’. É apenas o Espaço vazio. Mesmo estando vazio, ela ocupa espaço. Então tira o espaço. Conseguiu? Ainda está preto? Difícil né, eu sei…

Esse é o problema. A mente humana evoluiu para aprender a dominar o espaço e não ficar sem ele. Não apenas a Ciência, mas também a nossa capacidade de processar e imaginar algo desse tipo não dá certo. É, infelizmente, impossível.

Obviamente, nossa mente não se dá por vencida e mesmo assim tenta conceber o lado de fora do Universo. Hipóteses como a do Multiverso, no qual existem outros Universos além do nosso (cada um com outras leis da Física) ou a Interpretação de Muitos Mundos no qual cada nova ação que ocorre, inúmeras possibilidades na História podem acontecer e essas inúmeras histórias acontecem realmente em novos Universos. Obviamente a Ciência não pode dizer quem está certo ou quem está errado nessa conversa toda já que estamos na área da metafísica e, de certa forma, essas coisas podem realmente acontecer. Como disse o mago Merlin, no lado de fora do Universo vão todos os coelhos das cartolas dos mágicos. Quem sabe… :)

O mago Merlin é o personagem de Neil de Grasse Tyson em A Viagem de Merlin pelo Universo. Imagem por ~psychotic-analysis em seu DeviantArt.

Nenhum comentário:

Postar um comentário