Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2011

Calendário Cósmico 22

Imagem
Carl Sagan: "O céu nos chama. Se não nos destruirmos, iremos um dia nos aventurar entre as estrelas". Esse último post do Calendário Cósmico nos mostra o quão incrível é a capacidade do ser humano em fazer, ao mesmo tempo, o bem e o mal. Além das guerras e da destruição de nosso único lar, somos capazes de criar meios para fazer nossas vidas melhores. Ao olharmos para nosso próprio planeta, buscamos entender como a vida funciona; olhando para cima, vemos que no fundo, o Universo e eu (e você também) são feitos da mesma coisa. Finalizando  quero deixar a mensagem que em algum outro lugar do Universo, algum "Calendário Cósmico" está sendo feito, contando as incríveis aventuras que a vida se permite explorar. 31 de Dezembro 23:49:38 - O Homem de Neandertal Equivalente ao tempo real: 300 mil anos atrás Em nosso Calendário Cósmico, vemos que um grupo de Homo  saíra da África e colonizara a Europa. As diferenças climáticas que a Europa estava vivenci

Calendário Cósmico 21

Imagem
Fósseis de Lucy, um dos mais conhecidos Australopithecus . A descoberta deste e de outros fósseis foram e são importantes pois deste gênero descendem todos os Homo . 31 de Dezembro 22:39:10 - Australopithecus sp. Equivalente ao tempo real: 3,7 milhões de anos atrás. No Calendário Cósmico, as coisas começam a ficar mais interessante para nós, humanos. Percebeu que faltam pouco mais de uma hora e a espécie humana ainda nem apareceu para contar as boas novas? Mas fique tranquilo, daqui a alguns minutos ela aparece, tudo bem? Bom, enquanto isso, na África um novo gênero surgia: o Australopithecus  que significa "macaco do sul", já que alguns indivíduos foram encontrados na África do Sul. São conhecidos seis espécies mas, o mais famoso dentre estes é o Australopithecus afarensis , onde um dos fósseis escavados recebeu o carinhosos apelido de Lucy, remetendo a famosa música dos The Beatles, "Lucy in the Sky with Diamonds". Os fósseis dessa espécie são um dos ma

Calendário Cósmico 20

Imagem
Fósseis de Ardi, nome carinhoso dado ao espécime Ardipithecus ramidus . 31 de Dezembro 21:26:18 - Ardipithecus  sp. Equivalente ao tempo real: 5,6 milhões de anos atrás. Entre os fósseis mais antigos dos hominídeos, estão os de Orrorin tugenensis . Acredita-se que essa espécie é o ancestral direto do gênero Ardipithecus  que, no Calendário Cósmico, davam as caras nas florestas africanas. São reconhecidas duas espécies, a A. ramidus  e A. kadabba . Acredita-se que essa espécie também era bípede e possuia o tamanho aproximado de um gorila atual. São ancestrais de uma importante espécie para a paleontologia e também de nossa história evolutiva. Com imagem por Wikipedia .

Calendário Cósmico 19

Imagem
Fóssil da Toumaï que, na linguagem local da descoberta, significa 'esperança de vida'. Este fóssil da espécie Sahelanthropus tchadensis  talvez seja do mais antigo representante dos hominídeos. 31 de Dezembro 20:32:36 - O mais antigo hominídeo: Sahelanthropus tchadensis Equivalente ao tempo real: 7 milhões de anos atrás. Eu sei, eu sei: plena virada de ano e eu aqui, postando textos sobre a História do Universo e tudo mais. Mas não posso fazer nada já que, no Calendário Cósmico, muito dos eventos que a nós interessam acontecem nessas últimas horas do dia 31 de Dezembro. Lembre-se que o Calendário Cósmico considera toda o tempo de existência do Universo como tendo mero um ano. Pois bem, nessa época, o mais antigo ancestral hominídeo dava as caras na paisagem africana. Embora alguns cientistas achem que os fósseis encontrados sejam apenas de uma espécie antiga de gorila, muitos acreditam que ela representa o ancestral que se separou, há sete milhões de anos, do gru

Calendário Cósmico 18

Imagem
O dedo opositor é uma característica marcante entre os primatas. 30 de Dezembro 20:15:01 - Primeiros primatas... Equivalente ao tempo real: 50 milhões de anos atrás. Embora existam divergências nas datas (alguns autores mostram períodos de cerca de 100 milhões de anos, outros, 60 milhões de anos), é bem certo que, nessa data no Calendário Cósmico os primatas já estavam bem adaptados ao ambiente de floresta. A partir desse ponto, essa série de posts irá se detalhar aos eventos que ocorrem com esse grupo de mamíferos. Uma das características desse interessantíssimo grupo é a presença de um dedo opositor (nas mãos ou nos pés, dependendo da espécie). Com isso "em mãos" (não pude evitar o trocadilho), esses animais poderiam manipular com maior destreza os galhos e ter mais firmeza na hora de saltar entre as árvores. Possivelmente, para saltar por entre as árvores, esses animais precisariam de um estrutura cerebral maior, apta em conseguir processar as informações que

Calendário Cósmico 17

Imagem
A grande extinção que marca o fim da era Mesozoica e início da era Cenozoica é a mais conhecida das grandes extinções que dizimaram a vida no planeta em diversos momentos da história geológica. Existe um grande debate acerca dos eventos que levaram o fim dos dinossauros. A queda de um grande meteoro no atual México é uma das mais conhecidas. Na ilustração,  um meteoro de 500 km de diâmetro se chocando contra a Terra. O meteoro que pode ter matado os dinossauros tinha cerca de 10 km de diâmetro. 30 de Dezembro 07:27:48 - O fim de uma grande Era... Equivalente ao tempo real: 65 milhões de anos atrás. Não é a maior catástrofe da Terra mas é uma das mais conhecidas: o evento que fez os dinossauros sumirem de vez no planeta[1]. É conhecidíssima a teoria de que um grande meteoro chocou-se contra a Terra nesse período e fez com que todos os dinossauros se extinguissem. Entretanto, uma análise mais detalhada mostra que isso pode não ser muito bem a resposta definitiva. Ningu

Calendário Cósmico 16

Imagem
Exemplar de Berlim do Archaeopteryx lithographica , que possui tanto característica de um réptil como de uma ave. Esse fóssil, datado de, aproximadamente, 150 milhões de anos atrás, é uma das fortes evidências que mostram um ancestralidade dos dinossauros com todas as aves atuais. 28 de Dezembro 01:07:21 - Aves e primeiras angiospermas... Equivalente ao tempo real: 150 milhões de anos atrás. As gimnospermas, até o momento, estavam presentes em todas as florestas do Mezosoico. Mas um novo grupo de plantas começou a dar as caras. No Calendáro Cósmico, as primeiras angiospermas aparecem! Muitas sinapomorfias são nítidas dentro desse grupo: o desenvolvimento da flor e do fruto, onde a semente se encontra. As gminospermas, para se reproduzirem, se utilizam basicamente dos meios físicos disponíveis: o vento e a água. Para ser bem sucedido, essas plantas produzem uma grande quantidade de gametas onde eles serão dispersos para o ambiente e, ocasionalmente, atingir os gametas

Calendário Cósmico 15

Imagem
O Ginkgo biloba  é associada à paz e a longevidade. Os orientais, que se utilizam dessa planta para fins medicinais, acertaram ao associá-la a longevidade. O Ginkgo  é uma das plantas mais antigas conhecidas, com 260 milhões de anos de idade. 26 de Dezembro 17:09:24 - Mamíferos e gimnospermas... Equivalente ao tempo real: 200 milhões de anos atrás No Calendário Cósmico, estamos saindo do período Triássico e entrando no famoso período Jurássico da era Mesozoica. Alguns milhões de anos antes desse período um grupo de répteis começaram a portar algumas características que os começavam a diferenciar dos demais répteis. Esses "répteis semelhantes aos mamíferos" possivelmente não tinham desenvolvido algumas sinapomorfias[1] dos atuais mamíferos, como produção de leite ou até mesmo pelos, entretanto outras características começavam a despontar como uma melhora na estrutura mandibular para a mastigação e desenvolvimento de membros de forma a se deslocarem para a frente (a

Calendário Cósmico 14

Imagem
Os dinossauros sempre chamaram a atenção das pessoas, tanto por serem animais grandes e por isso dar um ar ameaçador, como também por nunca o termos vistos. Como advento da tecnologia, principalmente a computação gráfica e a animatrônica, os dinossauros movidos a stop-motion como na série de TV da imagem acima, O Ele Perdido , até os quase realísticos dinossauros de Jurassic Park ganharam vida! 25 de Dezembro 09:11:28 - Lagartos terríveis... Equivalente ao tempo real: 250 milhões de anos atrás No Calendário Cósmico, estamos saindo da Extinção Permo-Triássica, que marca o fim da Era Paleozoica e o início da Era Mesozoica, onde acredita-se que mais de 90% da vida na Terra tenha evaporado. Diversas hipóteses são levantadas sobre esse grande evento. Dos poucos sobreviventes, eles encontraram um ambiente totalmente remodelado, apto por novas espécies. Richard Owen, em 1842, os denominou como sendo lagartos terríveis visto que a grande maioria de seus representantes serem de g

Deseje um Feliz Natal sem medo!

Imagem
"Duvido que você não se enquadre em pelo menos uma (senão em todas) as seguintes categorias, já que pesquisas indicam que existem sete principais atividades e experiências natalinas: 1) Passar tempo com a família; 2) Participar de atividades religiosas; 3) Manter tradições da época; 4) Gastar dinheiro com as pessoas comprando presentes; 5) Receber presentes das pessoas; 6) Ajudar os necessitados; 7) Desfrutar os prazeres da época, como as comidas típicas. Bateu?" Embora eu não seja religioso, gosto de compartilhar com meus amigos e parentes um Feliz Natal. Esperar a virada do dia 24 para o 25 de Dezembro para desejar um Feliz Natal e haver a troca de presentes (sem contar a ceia - simples, mas gostosa - reunindo os familiares à mesa). Daniel de Barros nos conta rapidamente que, independente se a pessoa se considera um ateu ou religioso, o encontro com os familiares faz bem! Clique aqui   para ler o artigo. E, finalizando, desejo um Feliz Natal para todos e um exce

Calendário Cósmico 13

Imagem
Há 400 milhões de anos atrás um grande rebuliço tomava conta da vida na Terra. Para os vertebrados, surgiam os primeiros animais que conseguiam se aproveitar do oxigênio dissolvido na atmosfera, uma fina camada de ar que cobre o planetinha azul girando ao redor de uma estrelinha amarelinha. Um desses vertebrados aventureiros em terra firme, 400 milhões de anos depois, descobriram que o céu não era mais limite. Foto feita pelos astronautas da Apollo 8, a primeira missão tripulada à Lua (sem pouso). 21 de Dezembro 09:17:48 - Respirando ar... Equivalente ao tempo real: cerca de 400 milhões de anos atrás. Estamos, no Calendário Cósmico, no período Devoniano da Era Paleozoica. Nesse período as plantas já haviam conquistado o ambiente terrestre. O ambiente estava sendo, aos poucos, dominados por enormes florestas compostas, sobretudo, de espécies parecidas com as samambaias atuais. Já no ambiente aquático, daremos destaque a um grupo de animais vertebrados bem interessantes. Os

Cadê a estrela de Belém?

Imagem
A maioria das árvores de Natal são agraciadas com uma bela e chamativa estrela, representando a estrela de Belém citado na Bíblia. Acontece que as evidências sobre essa estrela não são muito positivas. "O fato de a "estrela" ser um fenômeno não-identificado até hoje faz com que encontrar especulações sobre sua natureza, nesta época do ano, seja um fenômeno tão previsível, no jornalismo de divulgação científica, quanto receitas de peru e dicas sobre frutas secas, nos cadernos de gastronomia. Em seu livro The Nativity , o historiador Geza Vermes menciona três candidatos mais frequentes: uma supernova (hipótese explorada magistralmente por Arthur C. Clarke em um de seus mais potentes contos), o cometa de Halley ou uma conjunção planetária especial." Muito se fala - principalmente nessa época - sobre a famosa estrela de Belém, que teria guiado os três reis magos até o singelo local onde Jesus Cristo teria nascido. Nesse texto, Carlos Orsi nos conta um pouco sob

Calendário Cósmico 12

Imagem
Os ossos, muito além de sustentarem o corpo, permite armazenar minerais importantes para o bom funcionamento do organismo. Uma fratura no osso geralmente obrigava o médico a abrir a região para saber o que havia ocorrido. Em 1895, Wilhelm Röntgen fotografou a mão de sua esposa se utilizando do recém-descoberto Raios-X. Com isso, as estruturas internas passaram a ser vistas sem precisar abrir o paciente. 18 de Dezembro 17:21:53 - Invertebrados dominam e os primeiros vertebrados Equivalente ao tempo real: 500 milhões de anos atrás. Aqui, nesse estágio do Calendário Cósmico, os invertebrados dominam as águas da Era Paleozoica inferior. A natureza foi "muito criativa" em algumas espécies tão exóticas que é até difícil concebê-las em nosso imaginário. Com certeza, a Hallucigenia sparsa sequer passaria na cabeça dos melhores escritores de ficção científica. Diversos filos surgiram e extinguiram nesse período. Um dos grupos que surgiram, possivelmente ancestrais de um

Calendário Cósmico 11

Imagem
A Explosão do Cambriano recebeu esse nome devido, principalmente, ao fato dos pesquisadores, ao mexerem com as camadas de rocha desse período, perceberam que algumas camadas inferiores quase não haviam fósseis e que, em algumas poucas camadas superiores, os fósseis praticamente pipocavam da rocha. É notável desse período o surgimento de organismos tão estranhos para os observadores dos dias atuais. 17 de Dezembro 09:23:00 - Uma explosão de vida... Equivalente ao tempo real: 550 milhões de anos atrás No calendário cósmico, nesse período começa a aparecer uma grande diversidade de vida. Organismos tão exóticos que ficaram marcados para sempre na rocha onde foram encontrados. Mas também nesse período que a história da vida atual começou a ser escrita. Os padrões corpóreos e o modo de vida dos organismos começou a ser traçado a partir da conhecida Explosão do Cambriano. É claro que isso não quer dizer que não existiam organismos complexos antes desse período. Acontece que, po

Calendário Cósmico 10

Imagem
As esponjas-do-mar eram usadas (e ainda são) para o banho. Como eram caras, apenas as pessoas mais abastadas podiam comprar as macias esponjas para seu deleite ao banho. Atualmente, a maioria das pessoas conhecem o famoso Bob Esponja Calça Quadrada, personagem criado pelo biólogo marinho Stephen Hillenburg quando estudava os seres marinhos. 08 de Dezembro 01:39:01 - As primeiras esponjas... Equivalente ao tempo real: 900 milhões de anos atrás As esponjas são os mais primitivos e mais simples animais que existem atualmente. Seu desenvolvimento embrionário termina até o segundo estágio, na blástula. Com isso não há a formação dos folhetos embrionários (ectoderme, mesoderme e endoderme) e nem a formação de tecidos verdadeiros. Podemos dizer que a esponja é um aglomerado de células iguais (mesmo DNA) onde existe algum nível de diferenciação nas funções para manter o organismo como um todo funcionando. Organismos multicelulares possuem a vantagem de que cada célula desempenhe