Perspectivas para 2014 na ciência!

Coisas bacanas irão acontecer aqui no Brasil nesse ano - infelizmente não significa que foram
desenvolvidas aqui no Brasil. =(

Olá pessoas amigas e queridos leitores deste humilde blog. Começamos 2014 e o Do Nano ao Macro ainda vive, senhores! Esse ano irei começar a me envolver em um projeto de mestrado e, dando certo, mais um passo sendo trilhado em minha vida acadêmica.

Esse ano é ano de Copa do Mundo no Brasil e, como vi em um "calendário" circulando pelo Facebook, teremos uns três meses úteis apenas esse ano por aqui. Entretanto, o mundo científico não para e muitos trabalhos científicos que estão sendo conduzidos prometem bater um bolão esse ano [trocadilho mode on]!

A Nature vez uma seleção do que 2014 reserva para nós no quesito ciência. Tem muita coisa bacana (e polêmica) que vale a pena esperar por esse ano!

  • Macacos transgênicos: alguns grupos, como a equipe conduzida pela geneticista Erika Sasaki e pelo biólogo Hideyuki Okano da Universidade Keio em Tókio esperam criar macacos modificados geneticamente para terem sistema imune comprometido e distúrbios cerebrais. Embora polêmico, a pesquisa visa criar terapias para humanos melhores, visto que usar ratos como modelos em alguns casos não são satisfatórios.
  • Sondas espaciais: a sonda Rosetta, da ESA (Agência Espacial Europeia) poderá ser a primeira sonda a pousar em um cometa, mais precisamente no Churyumov-Gerasimenko no mês de novembro. Além disso a Índia chegará em Marte com uma sonda orbital em setembro e a sonda Curiosity, da NASA, irá finalmente fazer análises para procurar evidências de água no planeta vermelho. Por aqui, a NASA planeja lançar em órbita um sistema de monitoramento de gás carbônico atmosférico.
  • Façanhas neurais: o neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis da Universidade Duke, nos EUA está desenvolvendo um exoesqueleto controlado pela mente e que a pessoa que a usar será a primeira a chutar a bola na abertura da Copa do Mundo aqui no Brasil. O neurocientista, que recebeu iniciativas financeiras dos EUA e europeu, está ansioso com o resultado, que visa reconectar áreas do cérebro de pessoas com paralisia em membros robóticos.
  • Novos medicamentos: a indústria farmacêutica espera ansiosa os resultados de dois tratamentos concorrentes de anticorpos que visam usar o próprio sistema imune do paciente para lutar contra o câncer. As drogas bloqueiam proteínas do sistema imune que impede de atacar os tumores. Testes preliminares mostraram uma eficácia melhor que um medicamento lançado em 2011 para tratar melanomas.
  • Revolução renovável: um mineral semicondutor conhecido como perovskita, converte energia luminosa em eletricidade. São baratos de serem feitos e possuem uma taxa de conversão de 15%. Espera-se aumentar a eficiência de conversão desses material para 20% - mesma taxa de conversão das células fotovoltaicas comerciais e, além disso, fabricar esse material livre de chumbo.
  • Esperança para HIVs positivos: em 2013, dois grupos de pesquisa mostraram que anticorpos neutralizantes tem como alvo uma ampla variedade de vírus da aids e que tornaram macacos contaminados a níveis indetectáveis. Espera-se testar em humanos com HIV e os resultados poderão sair ainda no primeiro semestre.
  • Sequenciador em miniatura: a tecnologia de nanoporos biológicos, que são nada mais que anéis de proteínas, permitirão fazer sequenciamento genéticos muito mais rápidos. Essa tecnologia, que poderá chegar esse ano ao mercado, está sendo desenvolvido por uma empresa com sede em Oxford, Reino Unido, irá disponibilizar sequenciadores descartáveis do tamanho de um cartão de memória. A promessa é de obter os dados do sequenciamento em tempo real.
  • Clima melhor: o IPCC (Painel Intergovernamental para a Mudança Climática) completará sua quinta avaliação em novembro. Os trabalhos focarão os impactos da mudança climática e como as sociedades irão se adaptar ou atenuar seus efeitos. Ban-Ki-moon, secretário-geral da ONU está esperançoso com as negociações prevista para setembro em Nova York. Enquanto isso, uma pesquisa de captura e armazenamento em larga escala de carbono no Canadá poderá começar comercialmente em abril.
  • Fazendo ondas: a sonda Planck, da ESA, deverão liberar os dados de como a polarização de fótons da radiação cósmica de fundo varia através do céu. Acredita-se que o padrão diferenciado se deve à inflação cósmica, uma rápida expansão do universo após o Big Bang. Caso detectados, esses dados podem fornecer evidências de resquícios de ondas gravitacionais, que perturbaram o tempo-espaço do Universo primitivo.
  • Regeneração de células-tronco: um grupo japonês irá conduzir o primeiro teste clínico usando células-tronco pluripotentes induzidas esse ano. Entretanto, os resultados talvez não apareçam em 2014 ainda. E uma empresa de biotecnologia na Califórnia irá divulgar dois estudos usando células-tronco embrionárias humana. Os estudos envolveram injetar células-tronco derivadas da retina nos olhos de 30 pessoas que possuem doenças degenerativas não-tratáveis. A empresa está a dois passos para a aprovação do órgão de regulação americano.

Veja o PDF com mais informações de onde essa notícia foi tirada, aqui.

Um excelente 2014 para todos vocês. O blog está voltando hoje de férias de alguns dias que tirei. Tem muito conteúdo bacana para vocês, queridos leitores. Caso ainda não tenha curtido nossa página no Facebook, o link é esse! Além das postagens aqui no blog, conteúdo exclusivo é publicado lá, além de notícias e postagens de sites e blogs amigos! Grande abraço! =D


Imagem que abre a postagem vi aqui.
Para registro: Nature News. License number: 3306021037495. Date: Jan 11, 2014. Use for post in a website.

Nenhum comentário:

Postar um comentário