Acelerando pães…

 

Montagem: PopSci

Pois é, parece que o LHC não está com muita sorte mesmo. Depois de um vazamento de hidrogênio que aconteceu e interrompeu o trabalho dos cientistas de setembro de 2008 para cá mais uma coisa acontece. Dessa vez, o culpado foi um pedaço de pão.

Isso mesmo! Pão! Um pedaço pequeno de pão caiu na maquinaria externa do acelerador. O pãozinho causou superaquecimento no setor onde ele ficou preso e o desligamento de segurança foi ativado. Felizmente o acelerador não estava em funcionamento no momento do ocorrido e nem prejudicará o trabalho dos cientistas.

Bom, agora que vem a melhor parte. Você deve estar pensando que um dos funcionários que trabalham no CERN (Centro de Pesquisas Europeu, onde será operado o LHC, que fica em Genebra) deixou cair seu lanchinho da tarde lá e ferrou tudo. Ele deve estar demitido com certeza e obviamente irão colocar ele dentro do acelerador de partículas e ligar com ele lá dentro pra ver o que acontece. Calma! Não fui nenhuma pessoa desatenta… o responsável pelo pão estar lá foi de… um pássaro! Isso mesmo! O lanchinho de um pássaro caiu na entranhas da máquinas e superaqueceu o sistema.

Bom, de acordo com os responsáveis pelo projeto isso não é uma grande surpresa pelo fato do LHC ser imenso (detalhe: ele tem 21 km de diâmetro).

Bom, sem querer querendo, me lembrei de um artigo publicado por Mr. Dennis Overbye no The New York Times dizendo que os problemas que o LHC estava sofrendo seria um meio do Universo ocultar o que os cientistas querem descobrir, o chamado bóson de Higgs. Conhecida como a partícula de Deus (sim, Anjos e Demônios de Dan Brown está errado ao dizer que a antimatéria é conhecida como a partícula de Deus #prontofalei), é a única partícula ainda não observada e se provada que existe completaria o modelo padrão atual de partículas. De acordo com os cientistas ela é chave para entender a massa de outras partículas. Apesar do artigo ser inteligentemente bem feito não deixa de ser especulativo e causar um certo pânico desnecessário. Me lembrou O Segredo, de Ronda Byrne (mas isso é outra história).

Com pão ou sem pão, com o Universo conspirando a favor ou contra (ele conspira?), no final do mês os cientistas vão por a máquina para funcionar de vez. E o melhor, o mundo não vai ser sugado por nenhum buraco negro não… pelo menos é o que dizem :-P

Nenhum comentário:

Postar um comentário